Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.

Bem-Vindo

18 de Maio de 2022

Início do conteúdo
Topo do site, versão de impressão (Exemplo)
Página inicial > Comunicação > Notícias > EGR adere ao movimento Maio Amarelo
Publicação: 06/05/2022 às 16:14

EGR adere ao movimento Maio Amarelo

Movimento ocorre em todo o mundo - Foto: Divulgação EGR
Movimento ocorre em todo o mundo - Foto: Divulgação EGR

A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) aderiu, pela primeira vez, ao Maio Amarelo, um movimento mundial que propõe chamar a atenção de todos sobre mortes e feridos no trânsito. A intenção é mobilizar a sociedade, envolver os mais diversos segmentos para discutir o tema, engajar e propagar conhecimento, abordando a amplitude que a questão do trânsito exige.

 

Para esse ano, o tema escolhido para representar o Maio Amarelo é “Juntos salvamos vidas”, uma referência à importância de estarmos cientes de que não colocar alguém em risco também é uma forma de salvar - ou seja, qualquer um pode salvar uma vida. Durante todo o mês de maio, a EGR fomentará orientações e encampará uma campanha preventiva com foco na conscientização no trânsito em todas as plataformas digitais.

 

De acordo com o diretor-presidente da EGR, Luiz Fernando Záchia, o objetivo é conscientizar motoristas e pedestres para que atentem às medidas de prevenção, reduzindo o número de acidentes e, consequentemente, preservando vidas. “Se você desrespeitar as regras, você coloca a sua vida em risco e também a de quem divide a rua ou a estrada com você”, afirma Záchia. 

 

O movimento Maio Amarelo teve início no ano de 2011, quando a Organização das Nações Unidas (ONU) começou uma campanha com enfoque na “década para a realização de ações para segurança no trânsito”. Para ilustrar a campanha, a cor escolhida foi a amarela, que simboliza o alerta na sinalização de trânsito. No Brasil, a mobilização iniciou em 2014.

 

Com o intuito de conscientizar os motoristas, a EGR compartilha algumas dicas que ajudam a prevenir acidentes. Ações simples, como planejar a viagem com antecedência, observar os cuidados com o veículo e redobrar a atenção à sinalização e respeitar as normas de trânsito, são muito importantes. 

 

Por isso, ao transitar, lembre-se do seu poder de salvar vidas e coloque respeito, responsabilidade e cuidado com as pessoas nos seus deslocamentos diários.

 

Dicas para evitar acidentes e Salvar Vidas:

 

  • Planeje a sua viagem, incluindo as paradas para alimentação e o abastecimento. Dirija com tranquilidade e evite trafegar cansado ou com sono. Revezar o volante com outra pessoa ou fazer uma pausa para dormir são boas alternativas.

 

  • Antes de pegar a estrada, faça uma revisão completa. Freios, pneus, água do radiador, óleo e outros componentes são fundamentais. Verifique também os itens de segurança, tais como parte elétrica, triângulo e estado geral dos cintos de segurança, além do combustível.

 

  • Se beber, não dirija. O álcool diminui o reflexo, provoca sonolência, perturbação na visão e nos sentidos. Além de ser crime, os riscos para a vida aumentam consideravelmente. 

 

  • Atenção aos limites de velocidade. O excesso de velocidade, aliado à ultrapassagem em locais proibidos, agravam o resultado dos acidentes.

 

  • As ultrapassagens devem ser feitas sempre pela esquerda e apenas em trechos permitidos. Antes de iniciar uma ultrapassagem, certifique-se da distância do veículo que pretende ultrapassar, os que vêm em sentido contrário e a visibilidade. Sinalize as manobras com antecedência e não realize ultrapassagens em trechos de faixa contínua, subidas, descidas, pontes e acostamentos.

 

  • Condutores e passageiros devem utilizar o cinto de segurança. Cerca de 60% das mortes nas rodovias do RS tiveram como causa a não utilização do cinto de segurança.

 

  • Motociclistas devem usar capacete, respeitar a velocidade da via, observar a distância segura entre os veículos e evitar manobras arriscadas.

 

  • Em caso de trânsito congestionado, o motociclista deve evitar trafegar pelo corredor. Por mais que o uso do corredor nas cidades seja um hábito comum, nas estradas requer cuidado redobrado.

 

  • Atenção redobrada em caso de chuva, uma vez que a pista fica escorregadia, aumentando os riscos de perda de controle, principalmente quando necessitar usar os freios. Se a chuva for muito forte, a orientação é procurar um posto de serviço e aguardar o temporal passar. Nunca pare na rodovia.

 

  • Obedeça à sinalização. Respeite os limites de velocidade e fique atento às vias preferenciais. Utilize a sinalização do seu carro para indicar onde está dobrando.

 

  • Ao dirigir, nunca manuseie o telefone celular. Segundo a OMS, o uso do celular, além de gerar multa aos condutores, aumenta em 400% o risco de acidentes. O uso ao volante já é a terceira causa de mortes no trânsito no Brasil. Além disso, representa 8% de todas as punições de motoristas. 

 

  • Todas as crianças, com idade inferior a 10 anos que não tenham atingido 1,45m de altura, devem ser transportadas nos bancos traseiros, em dispositivo de retenção adequado para cada idade, peso e altura:

-Bebê conforto(posicionado de costas para o banco da frente): crianças com até um ano de idade; ou crianças com peso de até 13kg, conforme limite máximo definido pelo fabricante do dispositivo. 

-Cadeirinha: crianças com idade superior a um ano e inferior ou igual a quatro anos; ou crianças com peso entre 9 a 18 kg, conforme limite máximo definido pelo fabricante do dispositivo.

-Assento de elevação: crianças com idade superior a quatro anos e inferior ou igual a sete anos e meio; ou crianças com até 1,45m de altura e peso entre 15 a 36kg, conforme limite máximo definido pelo fabricante do dispositivo.

-Cinto de segurança do veículo:crianças com idade superior a sete anos e meio e inferior ou igual a dez anos; ou crianças com altura superior a 1,45m.

- É proibido o transporte de crianças menores de dez anos em motocicletas. 

 

  • Mantenha distância de segurança em relação ao veículo que trafega à frente, bem como em relação ao bordo da pista, considerando, no momento, a velocidade, as condições climáticas e o tipo de piso da via.

 

  • Não esqueça de manter os faróis acesos enquanto estiver na rodovia. Acione o botão ou a alavanca no segundo nível para acender os faróis baixos. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os automóveis com faróis acesos durante o dia tornam-se 60% mais visíveis.

 

  • Quem atirar qualquer objeto pela janela do carro em uma rodovia, pode colocar a vida de dezenas de pessoas em risco. Você pode causar acidentes, obstruir os sistemas de drenagem e ainda estar causando danos ao meio ambiente. Uma bituca de cigarro, por exemplo, pode resultar em um grave incêndio.

 

  • Salve o número 0800 648 3903. O serviço, gratuito, é o principal canal de comunicação entre os usuários que utilizam as estradas e a EGR. O telefone também é utilizado como central para os pedidos de acionamento de guincho para remoção de veículos.

 

  • A EGR possui um serviço de ambulâncias 24 horas nas 12 praças de pedágios, cobrindo mais de 759 km de rodovias. Para acionar, ligue para o Disque Ambulância EGR 0800 0090 192. 


Endereço da página:
Copiar
EGR - EMPRESA GAÚCHA DE RODOVIAS S/A
Endereço: Av. Borges de Medeiros, 1555 - 11º andar
Fone: Telefones
Porto Alegre - RS